Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.
silicone homens
Homens colocam silicone
16 de maio de 2017
Making marks on face. Close-up of beautiful young woman in medical headwear keeping while doctors hands in gloves making marks on her face isolated on white
Inverno com cara de verão
24 de maio de 2017
Exibir tudo

No tempo certo

Amazing-TV-Shows-Image-Beautiful-Winter-Girl-Impeccable-Face-a-Decent-Lady

Fazer cirurgia em clima mais frio traz benefícios para a recuperação

Publicado no jornal/site/facebook do “Hoje em Dia”, 22 de maio de 2017

Publicado no jornal online “O Norte”, 22 de maio de 2017

por Flávia Ivo

A corrida para a realização de procedimentos estéticos nos meses de junho e julho, quando as temperaturas são mais baixas no Brasil, é responsável pelo aumento de até 50% no número de cirurgias plásticas executadas no país, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Os benefícios trazidos pelo clima mais ameno são os responsáveis por esse crescimento, conforme o cirurgião plástico Roger Vieira, membro da entidade. “Nessa época, o pós-operatório tende a ser mais confortável para o paciente, porém, é ele quem decide pela data, não sendo esta uma determinação médica”, explica.

Escolha feita pela fisioterapeuta Larissa Alves Carvalho, de 30 anos. “Como eu transpiro muito, concluí que seria melhor deixar para o tempo mais frio as cirurgias”. Ela irá se submeter, em junho, a uma mamoplastia redutora e a uma lipoaspiração.

Inchaço

Uma das vantagens mais visíveis das operações plásticas feitas durante o período de temperaturas mais baixas é a redução dos edemas ou inchaços. “Em função da vasoconstrição (diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos) causada pelo tempo frio, o corpo irá reter menos líquido e, por consequência, inchar menos”, esclarece Roger Vieira.

O médico explica, no entanto, que a atenuação dos edemas não é assim tão significativa, ficando em torno de 10% abaixo do que é frequentemente registrado nesse tipo de cirurgia.

Outro ponto fundamental é que os meses de junho e julho coincidem com o período de férias para algumas pessoas, o que possibilita que o recém-operado tenha uma companhia durante os primeiros dias de recuperação, quando estará mais debilitado.

Larissa, na ocasião das cirurgias que irá fazer, estará de férias do trabalho. “Terei tempo de me recuperar bem dos procedimentos”.

Cintas

O pós-operatório da fisioterapeuta exigirá o uso de cintas modeladoras, indicadas para conter os inchaços. Até nisso as temperaturas mais baixas auxiliam. “Será mais confortável para o paciente manter a cinta colada ao corpo enquanto estiver mais frio”, destaca o médico Roger Vieira.

Mais um benefício do clima ameno para as plásticas é a menor ação dos raios solares no período, evitando manchas na pele e a acentuação de possíveis cicatrizes.

Resultado

Independentemente de todas as vantagens apontadas para realizar um procedimento como esse, o cirurgião plástico esclarece que “não há relação entre a estação do ano em que é feita a cirurgia e o sucesso obtido com a mesma. O resultado será bom se todos os pré e pós-requisitos forem cumpridos”, observa Vieira.

Também é fundamental verificar se o profissional escolhido para realizar a cirurgia está apto e registrado na SBCP. Além disso, o ambiente onde o procedimento acontecerá deve ser hospitalar e contar com toda a estrutura necessária.

 

hoje em dia - 22-05-1@1x