Roger Vieira - Doctoralia.com.br O GUIA DA MAMOPLASTIA! - Roger Vieira
Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

O GUIA DA MAMOPLASTIA!


O GUIA DA MAMOPLASTIA!

Deseja ou vai passar por uma mamoplastia? Então você não pode deixar de ler as informações abaixo!

TIPOS DE PRÓTESE

• Cônica: aumenta o volume principalmente no centro dos seios;

• Redonda: deixa o colo bem marcado e as mamas projetadas;

• Anatômica: o resultado fica muito natural, pois o volume se concentra na parte inferior dos seios.

TIPOS DE CICATRIZ

• Ao redor da aréola: consiste em uma incisão em forma de círculo.

• Vertical: incisão em forma de V que se estende pelo contorno superior da aréola e abaixo da linha média da mama.

• Âncora: a incisão se estende pelo contorno superior da aréola e, lateralmente, na porção inferior do seio.

COMO FICARÃO OS SEIOS APÓS A CIRURGIA?

Para você ter uma ideia de como ficam os resultados, há anos, eu utilizo o Crisalix, um simulador 3D que te mostra o antes e depois do procedimento.

POR QUE OS SEIOS CAEM?

No geral, isso acontece na idade madura, entretanto, alguns fatores aceleram o caimento dos seios. São estes:

• Oscilações de peso;

• Gestação e amamentação;

• Mamas muito volumosas e pesadas;

• Envelhecimento precoce.

Felizmente, a cirurgia de mastopexia pode reverter a queda e flacidez das mamas, recuperando sua projeção e firmeza.

MAMÃES NÃO PRECISAM TER SEIOS FLÁCIDOS E CAÍDOS

Sim, é possível ter seios lindos depois da gravidez. Basta realizar uma mastopexia: cirurgia que permite levantar as mamas, deixando-as mais firmes e projetadas.

Mas, é preciso seguir as orientações abaixo:

• O procedimento só pode ser feito após 6 meses do término da amamentação.

• A produção de leite já deve ter cessado por completo.

• Exige peso estável, corpo saudável e hormônios equilibrados.

CICATRIZ EM L

Uma técnica cirúrgica bastante utilizada em mamoplastias e mastopexias é a “cicatriz em L”, que permite deixar a mama redondinha e empinada até mesmo se não houver a colocação de próteses de silicone.

E mais: a marca dos pontos fica super escondida, dando liberdade à paciente para usar diferentes tipos de decotes e biquínis.

QUANDO TROCAR O SILICONE

Toda prótese de silicone tem um prazo de validade, que pode variar de 10 a 20 anos conforme a marca, modelo e material de composição.

Em alguns casos, porém, o implante deve ser trocado antes da data de vencimento, devido a mudanças na posição, rupturas e outras complicações que possam comprometer a saúde física ou emocional da paciente.

A revisão anual da prótese de silicone é imprescindível para detectar eventuais contraturas, dobras ou rupturas.

NA TROCA DE SILICONE, SERÁ NECESSÁRIO UM VOLUME MAIOR?

Talvez. Ao fazer um implante de silicone, é comum que ocorra um estiramento da pele das mamas. Este fator, associado ao processo de envelhecimento, à gravidez, amamentação ou oscilações de peso ao longo dos anos, pode desencadear algum grau de flacidez nos seios. Desse modo, quando chegar a hora de trocar as próteses, é provável que a paciente necessite aumentar o volume do novo implante.

Mas atenção: tudo dependerá da avaliação médica, que será feita minuciosamente conforme as particularidades do seu caso.

PRÓTESE DE SILICONE: NEM TODO MUNDO PODE

Pois é, algumas mulheres não devem se submeter ao implante mamário. A cirurgia é contraindicada para:

• Pacientes com problemas de saúde;

• Mamães que ainda estão amamentando;

• Mulheres em tratamento para o câncer;

• Pacientes com cardiopatias crônicas ou insuficiência renal;

• Mulheres com pouca pele nos seios.

REMOÇÃO DAS PRÓTESES

A remoção das próteses de silicone é totalmente possível. Porém, é importante considerar alguns fatores:

• Após a retirada dos implantes, os seios apresentarão flacidez temporária. Na maioria dos casos, a forma natural das mamas é recuperada depois de alguns meses.

• Se a prótese de silicone for muito grande, será necessário realizar a remoção do excesso de pele ou lifting mamário depois da retirada do implante.

• Caso a paciente não tenha gostado do tamanho dos seios, é possível substituir as próteses por outras menores. ⠀

SILICONE X CÂNCER: MITOS E VERDADES

• Prótese de silicone causa câncer: MITO. Vários estudos científicos comprovam que o implante de silicone não influencia o desenvolvimento de tumores mamários.

• A mamografia para mulheres com silicone é diferente: VERDADE. Funciona assim: o técnico desloca a prótese para fora do campo de imagem de modo que só o tecido mamário seja radiografado.

• Mulheres com silicone não podem tratar o câncer de mama: MITO. Quem tem prótese poderá realizar normalmente o tratamento oncológico com a terapia individual mais indicada para o seu caso.l

× Como posso te ajudar?