Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Transplante Capilar

A técnica de transplante capilar, conhecida como implante fio a fio, permite a realização de transplantes de milhares de fios do próprio paciente. As raízes do cabelo são retiradas da região posterior do couro cabeludo e transplantadas para as áreas com calvície, igualando a quantidade de cabelos e aumentando significativamente a autoestima do paciente.

Indicação:


Correção da alopecia androgenética (calvície masculina e feminina), além de áreas faciais como costeletas e barbas.

A Cirurgia


Geralmente, a calvície é de causa androgênica, relacionando-se a ação dos hormônios masculinos em receptores celulares localizados nos bulbos capilares. Comumente, esses receptores não estão presentes nas áreas laterais e posterior do couro cabeludo, sendo esta a razão pela qual essas regiões são preservadas na maioria dos casos.

A calvície androgenia é hereditária e acomete particularmente os homens. É classificada em graus, dependendo da extensão de acometimento e, quando ocorre, pode ocasionar, além da alteração estética, piora da autoestima, com impacto na vida profissional, social e afetiva.

A cirurgia visa ao preenchimento das áreas calvas com transplantes de fios retirados geralmente da área posterior da cabeça, onde a interferência hormonal é mínima. Os fios transplantados tendem a conservar as mesmas características da área doadora, apresentando crescimento efetivo. Podem ser necessárias mais de uma etapa cirúrgica, principalmente nos casos de calvície mais extensa, em que a área doadora é limitada pela distensibilidade do couro cabeludo e densidade de fios. Lembra-se, também, que, com o tempo, os fios transplantados também serão alvo do inevitável processo de envelhecimento, tornando-se mais delgados e podendo cair, o que pode tornar necessários novos tempos cirúrgicos.

Cicatrizes


Na área doadora, a cicatriz resultante situa-se, mais comumente, na região posterior do couro cabeludo e, geralmente, tem boa evolução, ficando encoberta pelo cabelo. Na área receptora, as incisões para introdução dos fios são puntiformes praticamente imperceptíveis.

Anestesia


Geralmente, essa cirurgia é realizada sob anestesia local e sedação. Em casos específicos, pode ser recomendada a anestesia geral.

Duração da cirurgia


Geralmente, 4 a 6 horas.

Período de internação


Geralmente, esse procedimento é realizado em regime ambulatorial, recebendo alta no mesmo dia.

Perguntas Frequentes

Há riscos com a cirurgia?
Toda cirurgia tem riscos, mas estes são geralmente previsíveis e na maioria das vezes, controláveis. O transplante capilar raramente desdobra em complicações ao paciente.
Ouvi dizer que existem casos que ficam semelhantes a cabelo de boneca. É verdade?
As novas tecnologias e novas formas de implantes reduziram muito esse problema. Antigamente, quando se fazia o implante de tufos, esse problema era realmente comum. Hoje os resultados são naturais.
Há dor após a cirurgia?
Não é comum a cirurgia para calvície apresentar pós-operatório doloroso, mas pode acontecer eventualmente.
Como é a evolução em longo prazo?
Todas as fases do crescimento capilar serão reproduzidas após a cirurgia. Isso quer dizer que o cabelo começará a crescer na área transplantada após 3 meses e só entre o 8º e 12º mês será notado um aspecto mais natural.
Responsive ThemeForest Wordpress Theme Avada bigtheme.net/wordpress/themeforest/323-avada BIGtheme.net