Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Inverno: está na hora de operar

A corrida para a realização de procedimentos estéticos nos meses de junho e julho, quando as temperaturas são mais baixas no Brasil, é responsável pelo aumento de até 50% no número de cirurgias plásticas executadas no país, segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).

Os benefícios trazidos pelo clima mais ameno são os responsáveis por esse crescimento, conforme o cirurgião plástico Roger Vieira, membro da entidade. “Nessa época, o pós-operatório tende a ser mais confortável para o paciente, porém, é ele quem decide pela data, não sendo essa uma determinação médica”, explica.

BENEFÍCIOS PARA A RECUPERAÇÃO

  •  Menor exposição ao sol: evitar expor-se ao sol é uma recomendação comum a quase todos os procedimentos cirúrgicos, para evitar manchas e cicatrizes inestéticas.
  •  Férias: as férias escolares podem ser uma boa oportunidade para se recuperar no conforto de casa.
  •  Roupas: mangas e calças compridas facilitam a utilização de ataduras e cintas sob as roupas.
  •  Inchaço: em função da vasoconstrição (diminuição do diâmetro dos vasos sanguíneos), causada pelo tempo frio, o corpo irá reter menos líquido e, por consequência, inchar menos.
  •  Cintas: será mais confortável para o paciente manter a cinta colada ao corpo enquanto estiver mais frio.

RESULTADO DA CIRURGIA PLÁSTICA DURANTE O INVERNO

Independentemente de todas as vantagens apontadas para realizar um procedimento como esse, não há relação entre a estação do ano em que é feita a cirurgia e o sucesso obtido com a mesma. “O resultado será bom se todos os pré e pós-requisitos forem cumpridos”, observa Roger Vieira.

Também é fundamental verificar se o profissional escolhido para realizar a cirurgia está apto e registrado na SBCP. Além disso, o ambiente onde o procedimento acontecerá deve ser hospitalar e contar com toda a estrutura necessária.

PEELING QUÍMICO DURANTE O INVERNO

O inverno é a melhor época para realizar tratamentos de pele, como os peelings químicos. A menor incidência de sol facilita o clareamento das manchas na pele e a correção de pequenas imperfeições, muitas vezes adquiridas justamente pelo excesso de exposição solar.

O peeling é um procedimento que promove uma descamação controlada da pele. Assim, estimula ao corpo renovar as camadas da derme, o que melhorar a textura, ameniza manchas e acnes, e deixa a pele um aspecto mais jovial.

Existem três tipos mais comuns de peeling químico:

  •  Peeling químico superficial: remove a camada mais externa da pele. É um excelente aliado no clareamento das manhas além de retirar marcas de acne e rugas superficiais.
  •  Peeling químico médio: nesse procedimento, utilizam-se ácidos que removem a camada externa e média da pele para tratar acne e rugas mais profundas.
  •  Peeling químico profundo: remove as camadas da pele até alcançar o nível interno. Indicado para casos de pele danificada pelo sol e cicatrizes profundas.