Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.

Olhar abatido? Não mais!

Com o passar dos anos, a pele dos olhos perde a firmeza e os músculos ao seu redor enfraquecem. Com isso, a pálpebra superior pode ficar caída e deixar você com o rosto triste, cansado e envelhecido.

Mas não é só o envelhecimento que pode baixar as pálpebras. E se você ainda não chegou à meia idade e as pálpebras já apresentam flacidez, saiba que também que não apenas genético. Alguns fatores bem evitáveis podem acelerar a flacidez da pálpebra como:

  • Ressecamento da pele.
  • Cigarro.
  • Poluição.
  • Exposição solar sem proteção.

VOCÊ É UMA MAMÃE COM OLHAR ABATIDO?

Devido ao inchaço facial típico da gestação, muitas mamães notam um excesso de flacidez em torno dos olhos após o período de aleitamento – quando o rosto tende a voltar ao normal e “murchar”.

Se você sofre com este problema, não se preocupe: com a blefaroplastia, também chamada de “cirurgia das pálpebras”, já é possível eliminar o aspecto cansado e envelhecido do olhar.

QUANDO OPERAR A PÁLPEBRA?

A blefaroplastia, ou cirurgia de pálpebras, geralmente é realizada em pacientes que passaram dos 40 anos. Mas não pense que é uma cirurgia só para quem está na meia idade. Existem pacientes mais novos que se submetem ao procedimento até por indicação médica, uma vez que a blefaroplastia pode não ser apenas estética.

Normalmente, pacientes jovens que precisam passar por este procedimento apresentam, por motivos vários, um acúmulo muito grande de pele na pálpebra. Esse excedente prejudica o campo visual do paciente, já que, por assim dizer, “encobre o olho”. No entanto, para fins estéticos, o mais comum mesmo são os pacientes de meia idade, cuja pele palpebral começou a acusar os efeitos do tempo.

LIFTING DE SOBRANCELHAS

Se você sonha em transformar a expressão do olhar, basta investir no lifting de sobrancelhas. Essa técnica permite elevar toda a região ao redor dos olhos, de modo a atenuar a flacidez das têmporas, valorizar os supercílios e promover uma aparência descansada e rejuvenescida.

O QUE SÃO RUGAS GRAVITACIONAIS?

Outro problema na região dos olhos são as rugas gravitacionais, aquelas causadas pela força da gravidade associada à perda de colágeno e elastina ao longo dos anos. Geralmente, elas surgem a partir dos 50 anos, quando a flacidez da pele e dos músculos faciais se torna mais acentuada.

Os sulcos nasogenianos e as linhas que se formam nas laterais do queixo ou pescoço são ótimos exemplos de rugas gravitacionais. Para atenuá-las, o ideal é optar por preenchimentos com ácido hialurônico, enxertos de gordura ou, em casos de rugas mais profundas, realizar um lifting facial.